Olá freguês!

[Recortes] Da cultura artesã na arquitectura tradicional portuguesa

"Old Portuguese Stuff" é o blogue dos arquitectos Catarina Santos e Alexandre Gamelas, que se dedicam ao registo fotográfico de detalhes arquitectónicos típicos da realidade portuguesa, em que o trabalho e a cultura artesanal estão inequivocamente inscritos.

Em entrevista ao P3, a dupla de arquitectos aborda as transformações ocorridas na arquitectura portuguesa nos últimos anos e as possibilidades de perpetuar esse lado artesanal que, olhando bem, ainda lá está.


Dess entrevista, transcrevemos um trecho que nos toca particularmente, por razões que facilmente identificarão aqui.

 


O que também caracteriza a arquitectura tradicional portuguesa é a cultura artesã — acham que é algo que se está a perder?

CS — Agora já está a haver mais procura outra vez. Mas há uma ou duas décadas atrás não era de todo o que se fazia, por isso muito conhecimento entretanto desapareceu. Mas ainda vamos a tempo de recuperar, de dinamizar de novo a produção artesã — ela ainda não desapareceu completamente.

AG — Sim, já começa a haver uma procura generalizada. Mas a título de exemplo, nós no ano passado estávamos a recuperar um apartamento e procurámos peças de substituição fabricadas através do mesmo processo. Ainda encontrámos algumas, mas noutros casos a frase que mais ouvíamos era: "Esse senhor já morreu". A gente chegava à loja de ferragens, escolhia determinado tipo de puxador, e quando tentávamos encomendar em grande número diziam-nos sempre: "O senhor que fazia isso já morreu, não se arranja mais". As fábricas fecham, os moldes vendem-se, não deixaram aprendizes.



Sendo que zonas como este centro histórico do Porto são classificadas pela UNESCO como património da humanidade, a recuperação das práticas artesanais não deve também caber às entidades públicas ou mesmo comunitárias?

CS — Acho que se houver procura isso vai reaparecer novamente. Aquele período nos anos 90 em que se perdeu mais dessa arte deveu-se a falta de procura. Se a procura aumentar, acho que ainda vamos a tempo de ver o ressurgimento das práticas artesanais.

 

Entrevista completa:
Ricardo M. Alves, "Eles coleccionam detalhes da arquitectura portuguesa", in P3 27-05-2014.


© Old Portuguese Stuff (OPS)

 

© Old Portuguese Stuff (OPS)

 

© Old Portuguese Stuff (OPS)

 

Partilhe com os seus amigos
Deixe um comentário Comments feed
Nenhum comentário