Olá freguês!

Heaven, Hell and Somewhere In Between: Portuguese Popular Art*

19 de Setembro de 2015 Deixe um comentário Ver comentários


*Céu, Inferno e algures entre os dois: a arte popular portuguesa é o nome da exposição que o Museu de Antropologia da Universidade da Colúmbia Britânica (MOA), no Canadá, tem patente até ao dia 12 de Outubro de 2015.

O artesanato de Barcelos está muito bem representado nesta mostra, que reúne cerca de 300 trabalhos de artistas e artesãos portugueses e que conta com o apoio do Consulado Geral de Portugal em Vancouver e do Instituto Camões.


A Virgem Maria de Laurinda Pias, as Virtudes de Júlia Ramalho e os Diabos de Nelson Oliveira são algumas das peças que inspiraram a temática da exposição, assente na dualidade sagrado e o profano, sempre presente no figurado de Barcelos: o “Céu” surge representado pelos Cristos, pelos Santos e pelos Anjos, símbolos de salvação e redenção; o “Inferno” é sugerido pelos diabos e bruxas; o “meio-termo” materializa-se nas criações mais terrenas, do domínio do trabalho, do lazer e da política – assim o explica a crítica de arte visuais Robin Laurence na Straight, num artigo publicado em Maio, aquando da inauguração desta exposição.

 

Com curadoria do director do Museu, Anthony Shelton, esta exposição não procura uma representação da arte popular portuguesa enquanto produto de uma sociedade de massas e consumista, mas no sentido em que se trata verdadeiramente de arte do povo, uma arte que acontece espontaneamente no seio de uma comunidade, alheia a correntes e formalismos académicos. Daqui resulta, na perspectiva da crítica Robin Laurence, um trabalho “visualmente muito interessante e culturalmente enriquecedor, que desafia os estereótipos comumente associados à arte popular”.

 

'Virtudes' da artesã barcelense Júlia Ramalho
'Virtudes' da artesã barcelense Júlia Ramalho.

Diabos do artesão Nelson Oliveira'Diabos' do artesão barcelense Nelson Oliveira.

 

Heaven, Hell and Somewhere In Between: Portuguese Popular Art
Em exibição até 12 de Outubro de 2015 no Museu de Antropologia (MOA) da Universidade da Colúmbia Britânica.
Mais informação na página oficial do MOA.



© Imagens retiradas do artigo "Heaven, Hell and Somewhere in Between: Portuguese Popular Art challenges folk stereotypes", de Robin Laurence para a Straight.


Partilhe com os seus amigos
Deixe um comentário Comments feed
Nenhum comentário