Olá freguês!

Posts tagged 'artes e ofícios'

Conta-nos como foi, Agustina: os ofícios tradicionais portugueses na literatura

14 de Junho de 2018 Nenhum comentário

 

Tamanqueiro confere o tamanho dos pausPauzeiro confere o tamanho dos paus onde a sola vai ser pregada, para formar os tradicionais tamancos. Pauzeiro e tamanqueiro são ofícios em extinção.  © Feira de Barcelos

 

Agustina Bessa-Luís é um nome incontornável da literatura contemporânea portuguesa.
Nas personagens d'A Sibila, obra-prima publicada pela primeira vez em 1954, assistimos ao desfilar dos ofícios tradicionais portugueses, que caracterizam a vida das comunidades rurais do Minho e Douro de meados do século XX. Em apenas três páginas, é-nos apresentada a fiadeira, a tecedeira e o tamanqueiro.

 

É à preservação destes ofícios ou, pelo menos, do saber-fazer que lhes subjaz, que nos dedicamos.
Por isso, é sempre um encanto quando alguém se presta a contar como foi. Sobretudo, se se trata de uma contadora de histórias da dimensão desta querida autora.

'Os últimos dias do vime', no New York Times

24 de Agosto de 2017 Nenhum comentário


© Danilo Scarpati, via NYT


Pois tínhamos nós aqui publicado um programa de leitura para as férias, a partir de artigos de imprensa centrados no artesanato e na revalorização das artes e ofícios tradicionais, e nesse mesmo dia publica o New York Times um artigo, que muito nos aprouve ler, sobre a cestaria tradicional e sobre as oficinas que continuam a fazer mobiliário em vime, empregando técnicas milenares, já em uso na civilização egípcia. Chama-se ‘Os últimos dias do Vime’, este artigo do NYT.


Parece, à primeira vista, a crónica de uma morte anunciada, mas talvez não seja assim. O interesse crescente do segmento do luxo na mestria artesanal tem assegurado a sobrevivência dos pequenos ateliers de cestaria, quase sempre negócios familiares em funcionamento numa parte da própria habitação. E quem sabe se agora, que a cestaria parece estar a tornar-se um ofício sexy, não atrai mais aprendizes …


Vale muito a pena ler este artigo, apesar da imperdoável omissão da cestaria portuguesa.

Como obter a Carta de artesão ou unidade produtiva artesanal?

10 de Novembro de 2016 Nenhum comentário

Como obter a carta de artesão
“Como obter a Carta de artesão ou unidade produtiva artesanal?”
Quarta-feira, 16 Novembro | 17h00-18h30 | Centro de Incubação e Aceleração de Gondomar

 

O estatuto do artesão e da unidade produtiva artesanal e os apoios do IEFP ao artesanato, no âmbito do programa 'Artes e Ofícios', são os temas em debate nesta sessão de esclarecimento gratuita, organizada pela ANJE.

O objetivo é partilhar com os novos artesãos e profissionais em exercício os benefícios inerentes à obtenção da carta de artesão ou unidade produtiva artesanal.